R$299.00

MONTE DOURADO PROJETO JARI DOUGLAS DC3 PP-CDT

DOUGLAS DC3 _ PP-CDT
PROJETO JARI - MONTE DOURADO
MSN 4442 / USAAF 12 /06/1942 - RET. 03/09/1990
BRANIFF / WARDELL HATCH & CO / CRUZEIRO DO SUL

No ano de 1882, veio para o município de Almerim no Pará um jovem migrante cearense, chamado José Julio de Andrade que aos poucos consolidou suas atividades extrativistas em Almerim e no município vizinho Mazagão. Achando a região pouco ocupada, José Julio não teve muitos problemas para instalar-se e dominar o comercio extrativista da região.

Aos poucos foi ocupando e tomando posse de uma área de aproximadamente um milhão e seiscentos mil hectares, (16.000km2) cuja via principal de acesso era o rio Jari. Para se ter idéia da área basta lembrar que o estado de Israel tem 21.000km2. Esta foi a área na qual o projeto Jari se desenvolveu.

O Coronel José Julio, como era conhecido, desenvolveu uma empresa que comercializava principalmente castanha do Pará e borracha obtidos nesta área.

Em 1948, já velho (pois morreu 4 anos depois em Portugal), vendeu suas terras a um grupo de cinco comerciantes portugueses e um brasileiro, que continuaram o mesmo sistema de extrativismo e comércio.

Em 1967, a então Jari Indústria e Comercio S/A, como era denominada, foi vendida ao armador americano Daniel Keith Ludwig que, indo contra a vontade de seus conselheiros econômicos, insistiu em estabelecer um empreendimento de grande porte na Amazônia.

Neste mesmo ano Ludwig concluiu as negociações com os proprietários e com o governo brasileiro, fundando então a Jari Florestal e Agropecuária Ltda., iniciando as atividades que passaram a ser conhecidas como o "Projeto Jari".

A finalidade maior do projeto era a produção de celulose e papel, para suprir uma demanda destes produtos que atingiria o seu pico em 1985 segundo seus informantes econômicos. Para atender a toda esta atividade na sua imensa área foram projetados por Ludwig diversos sistemas de transporte de pessoal e carga, não só para chegar e sair da região como também e principalmente, para movimentação dentro deste grande território.

Primeiramente visando a grande movimentação de carga entre o Jari e o mundo (porque o grande mercado de celulose e caulim visado era, como foi até hoje, a Europa), foram construídos três portos, um em Belém, outro junto à fábrica de celulose e o terceiro junto à planta de beneficiamento de caulim. Estes dois últimos têm capacidade para receber navios de até 35.000 toneladas.

O transporte fluvial de cargas e passageiros entre Belém e o Jari passou a ser feito por uma frota de balsas, rebocadores e um barco para 292 passageiros, adquiridos por Ludwig.

Para o transporte aéreo de pessoal e cargas foi construído um aeroporto e adquiridos 2 aviões Islander bimotores para 9 passageiros cada, 2 DC3 para 28 passageiros cada, e um turbo hélice Fairchild Hiller FH-227 `Hirondelle´ para 44 passageiros.

A série Aeronaves Volarebrasil terá o seu foco nas companhias aéreas Brasileiras, com modelos e versões inéditas na escala 1/400. Réplicas artesanais em metal, produzidas no Brasil, em série limitada e numerada.

Set Collectors Douglas DC 3 - VBJAD301

- Uma réplica artesanal em metal na escala 1/400 do Douglas DC 3 matrícula PP CDT com o layout da 1ª versão de pintura.

- Expositor com Embalagem e Cúpula em Acrílico, tipo `Hangar Retrô´

Pesquisa texto - Flavio De Britto Pereira

Revisões
Categorias
Fabricantes
Pesquisa Rápida
 
Use palavras-chave para encontrar o produto que você procura.
Pesquisa avançada
Informações da Marca
outros produtos
produtos compartilhados
Compartilhe via E-Mail
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter
Idiomas
pt-br English
VOLAREBRASIL - RÉPLICAS EM ESCALA 1/400 AERONAVES CLÁSSICAS BRASILEIRAS E MINIATURAS 1/43 DO AUTOMOBILISMO BRASILEIRO.
REVISTA COLECIONISMO BR`` A Mais Nova Tradição No Colecionismo Brasileiro´´.
www.volarebrasil.net.br
www.facebook.com/revistacolecionismobr
volarebrasil@volarebrasil.net.br
.

ATENÇÃO! Ao receber solicitações com o nome/email da VOLAREBRASIL e REVISTA COLECIONISMO BR, com pedidos de pagamento on-line,
solicitações para baixar arquivos, solicitações para links redirecionados...
Informamos que NÃO enviamos e-mails com estas solicitações. São falsas comunicações.